Denúncia contra Temer deve ficar ao menos 20 dias com Fachin

Depois que for apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal, a denúncia contra Michel Temer pelos crimes de corrupção passiva, obstrução à Justiça e organização criminosa deve ficar ao menos 20 dias nas mãos do relator da Lava Jato na Corte, o ministro Luiz Edson Fachin, antes de ser enviada para aprovação do Congresso; o ministro deve pedir antes a manifestação das partes

Depois que for apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal, a denúncia contra Michel Temer pelos crimes de corrupção passiva, obstrução à Justiça e organização criminosa deve ficar ao menos 20 dias nas mãos do relator da Lava Jato na Corte, o ministro Luiz Edson Fachin, antes de ser enviada para aprovação do Congresso; o ministro deve pedir antes a manifestação das partes
Depois que for apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal, a denúncia contra Michel Temer pelos crimes de corrupção passiva, obstrução à Justiça e organização criminosa deve ficar ao menos 20 dias nas mãos do relator da Lava Jato na Corte, o ministro Luiz Edson Fachin, antes de ser enviada para aprovação do Congresso; o ministro deve pedir antes a manifestação das partes (Foto: Gisele Federicce)

247 - Depois que for apresentada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal, a denúncia contra Michel Temer pelos crimes de corrupção passiva, obstrução à Justiça e organização criminosa deve ficar ao menos 20 dias com o relator da Lava Jato na Corte, o ministro Luiz Edson Fachin.

Antes de o STF julgar se abre ou não uma ação penal contra Temer, a Câmara precisa dar seu aval, segundo a Constituição. Fachin, no entanto, antes de enviar a peça de Janot para aprovação do Congresso, deve pedir a manifestação das partes para "aparelhar" a acusação.

Enquanto isso, no Congresso, a base de Temer quer acelerar a tramitação da acusação, atuando para que ela seja rejeitada em até dez dias, antes do recesso parlamentar. As informações são do Estado de S.Paulo.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247