OAB espera relatório da CPI da Covid para acusar Bolsonaro em tribunais internacionais por crimes contra a humanidade

Acusações contra Jair Bolsonaro que serão encaminhadas a tribunais internacionais serão fortalecidas com as provas da CPI da Covid

Felipe Santa Cruz, presidente da OAB, e Jair Bolsonaro
Felipe Santa Cruz, presidente da OAB, e Jair Bolsonaro (Foto: ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) tem acusações contra Jair Bolsonaro para apresentar a tribunais internacionais, entre eles o de Haia. A entidade aguarda o final dos trabalhos da CPI da Covid com o objetivo de reunir mais elementos para entrar com as ações.

Uma comissão de juristas da OAB concluiu que Bolsonaro cometeu crimes contra a humanidade, mas o objetivo é recolher evidências da comissão do Senado para robustecer a acusação, informa o Painel da Folha de S.Paulo.

A estratégia da OAB foi levada aos integrantes do "grupo dos sete"  da CPI, que estão empenhados em apurar os crimes cometidos durante a pandemia. Eles avaliam que a ação poderá acelerar fortemente o desgaste do governo no exterior -Bolsonaro já é o presidente mais isolado mundialmente.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email