Deputados do PSOL criam projeto para formar professores contra a LGBTfobia

A proposta prevê a formação de professores, diretores de escola e gestores para o combate à violência contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais, intersexuais e quaisquer outras pessoas que sofram discriminação por sua identidade de gênero e orientação sexual

Fernanda Melchionna, David Miranda e Samia Bonfim
Fernanda Melchionna, David Miranda e Samia Bonfim (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Por George Marques, Revista Fórum

Os deputados federais do PSOL, Fernanda Melchionna (RS), David Miranda (RJ) e Sâmia Bomfim (SP), protocolaram na última quarta-feira (26) Projeto de Lei 3741/2019 para instituir o programa “Escola sem Discriminação”.

A proposta prevê a formação de professores, diretores de escola e gestores das Secretarias de Educação de estados e municípios para o combate à violência contra lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais, intersexuais e quaisquer outras pessoas que sofram discriminação por sua identidade de gênero e orientação sexual (LGBTI+) nas instituições de ensino públicas.

“Sabemos que a educação é um dos principais elementos no combate à LGBTIfobia. Por isso, escolhemos sensibilizar os professores para que saibam como lidar com as questões de gênero e sexualidade, infecções sexualmente transmissíveis e todos temas ligados ao campo”, explica a deputada Fernanda Melchionna.

Continue lendo na Fórum

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247