Desembargador do TJ do Rio emite alvará de soltura para Fabrício Queiroz

Queiroz foi preso em junho, após decisão do juiz Flávio Itabaiana de Oliveira Nicolau, da 27ª Vara Criminal, em investigação que apura esquema de "rachadinha" na Alerj

Márcia Oliveira de Aguiar e Fabrício Queiroz
Márcia Oliveira de Aguiar e Fabrício Queiroz (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O desembargador do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro Milton Fernandes de Souza ordenou que seja cumprida a liberação de Fabrício Queiroz, por meio de um alvará de soltura. 

Ele aproveitou a decisão do presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, que concedeu uma liminar ao assessor de Flávio Bolsonaro determinando prisão domiciliar, beneficiando a mulher de Queiroz, Márcia Aguiar, que está foragida.

Queiroz foi preso em junho, após decisão do juiz Flávio Itabaiana de Oliveira Nicolau, da 27ª Vara Criminal, em investigação que apura esquema de "rachadinha" na Alerj.

Segundo o jornal O Globo, “a expectativa é de que o ex-assessor deixe o Presídio Pedrolino Werling de Oliveira (Bangu 8), na Zona Oeste do Rio, ainda hoje”. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email