Diante do descaso do Estado, moradores das favelas começam a ir às ruas

À medida em que coronavírus avança no Brasil, a profunda desigualdade brasileira passa para o topo das preocupações

(Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em meio à pandemia do coronavírus, a falta de dinheiro e alimentos atinge em cheio as famílias que vivem na informalidade. 

Reportagem do jornalista Fernando Canzian, da Folha de S.Paulo, traz relatos de moradores de favelas de São Paulo, que já saem de casa para ir atrás de parentes, amigos e entidades assistenciais em busca de ajuda.

"Pesquisa recente do Data Favela mostrou que 72% das pessoas nessas comunidades não têm poupança para manter nem por uma semana o seu baixo padrão de vida", informa a matéria, que alerta sobre a importância do pagamento dos R$ 600 por três meses como renda emergencial.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email