Dilma: Bolsonaro abusa do medo e do ódio

Em entrevista ao TV3, principal canal de televisão da Catalunha, a presidente Dilma Rousseff denunciou os riscos para a democracia brasileira após a eleição de Jair Bolsonaro (PSL); "Bolsonaro é alguém que utiliza e abusa deste sentimento, de ódio e medo", disse Dilma ao programa "Quatre gats"; "Nem o nazismo, nem o fascismo chegaram ao poder sem votos", afirmou Dilma, comparando o próximo governo a regimes totalitaristas europeus

Dilma: Bolsonaro abusa do medo e do ódio
Dilma: Bolsonaro abusa do medo e do ódio

247 - A presidente deposta Dilma Rousseff afirmou nesta segunda-feira, 3, em entrevista ao TV3, o principal canal de televisão da Catalunha, e denunciou os riscos para a democracia brasileira após a eleição de Jair Bolsonaro (PSL). 

"Bolsonaro é alguém que utiliza e abusa deste sentimento, de ódio e medo", disse Dilma ao programa "Quatre gats". "Nem o nazismo, nem o fascismo chegaram ao poder sem votos", afirmou Dilma, comparando o próximo governo a regimes totalitaristas europeus.

Dilma também voltou a criticar o golpe de 2016 que a retirou da Presidência da República sem comprovação de crime de responsabilidade. "O nosso golpe foi diferente. Não é um machado que corta uma árvore. O nosso golpe de 2016 funcionou como se a árvore da democracia tivesse sido atacada por fungos e parasitas que fossem comendo a democracia por dentro e fossem destruindo, mas não destruindo o direito de todos. Destroem os direitos de alguns", afirmou Dilma.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247