Dilma recebe apoio do Fora Temer por eleição antecipada

Movimentos sociais vão ao Palácio da Alvorada nesta terça-feira (28)  apresentar a proposta do plebiscito visando a antecipação da eleição presidencial; protestos pelo Fora Temer são organizados em todo o país pela CUT, partidos e as Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo; também participam desse movimento contra o vice interino Michel Temer o PT, PSol, PCdoB e PDT; com 2.319 sindicatos filiados e 3,88 milhões de trabalhadores sindicalizados, a CUT representa 30,4% dos trabalhadores brasileiros

Movimentos sociais vão ao Palácio da Alvorada nesta terça-feira (28)  apresentar a proposta do plebiscito visando a antecipação da eleição presidencial; protestos pelo Fora Temer são organizados em todo o país pela CUT, partidos e as Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo; também participam desse movimento contra o vice interino Michel Temer o PT, PSol, PCdoB e PDT; com 2.319 sindicatos filiados e 3,88 milhões de trabalhadores sindicalizados, a CUT representa 30,4% dos trabalhadores brasileiros
Movimentos sociais vão ao Palácio da Alvorada nesta terça-feira (28)  apresentar a proposta do plebiscito visando a antecipação da eleição presidencial; protestos pelo Fora Temer são organizados em todo o país pela CUT, partidos e as Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo; também participam desse movimento contra o vice interino Michel Temer o PT, PSol, PCdoB e PDT; com 2.319 sindicatos filiados e 3,88 milhões de trabalhadores sindicalizados, a CUT representa 30,4% dos trabalhadores brasileiros (Foto: Realle Palazzo-Martini)

A presidente Dilma Rousseff receberá o apoio do movimentos sociais, nesta terça-feira (28), no Palácio da Alvorada, para apresentar a proposta do plebiscito visando a antecipação da eleição presidencial.

Essa reunião de apoio à antecipação da eleição estava prevista para a semana passada, mas foi adiada a pedido das entidades para a realização de consultas nas bases.

Os protestos pelo Fora Temer são organizados em todo o país pela Central Única dos Trabalhadores (CUT), partidos e as Frentes Brasil Popular e Povo Sem Medo.

Também participam desse movimento contra o interino Michel Temer o PT, PSol, PCdoB e PDT.

Com 2.319 sindicatos filiados e 3,88 milhões de trabalhadores sindicalizados, a CUT representa 30,4% dos trabalhadores brasileiros.

Iniciativa do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto), a Frente Povo Sem Medo é uma articulação nacional composta por quase 30 movimentos sociais incluindo sindicais, populares, de juventude e comunidades de base da igreja católica.

Já a Frente Brasil Popular é uma uma coalizão que reúne integrantes e representantes de movimentos populares, sindicais, partidos políticos e pastorais, indígenas e quilombolas, LGBT, negros e negras, mulheres e juventude.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247