Disque-Denúncia recebe 64 ligações sobre morte de juíza

Informaes esto sendo encaminhadas para a Delegacia de Homicdios do Rio de Janeiro

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O Disque-Denúncia do Rio de Janeiro recebeu 64 denúncias desde que a juíza Patrícia Acioli foi assassinada até a tarde deste domingo. Todas as informações estão sendo encaminhadas para Delegacia de Homicídios da Capital, responsável pela investigação do caso.

Aqueles que tiverem informações a respeito dos autores do assassinato devem ligar para o telefone (21) 2253-1177. A denúncia é anônima.

O crime aconteceu na madrugada de sexta-feira (12) quando a magistrada se aproximava da entrada do condomínio onde residia, em Niterói, no Rio. Ela tinha 47 anos e ganhou notoriedade por suas condenações rigorosas. As investigações sobre o assassinato da indicam crime encomendado por integrantes de grupos de extermínio e de milicianos que atuam em São Gonçalo.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247