Doria diz que Brasil vive genocídio e adere ao Fora Bolsonaro

O governador de São Paulo não mediu palavras durante a coletiva de hoje (15) no Palácio dos Bandeirantes, falando sobre "um mar de fracassos" do governo federal, chamando Bolsonaro de negacionista e pedindo uma reação popular ao caos que foi instaurado no país

www.brasil247.com -
(Foto: © Sergio Andrade/Governo do Estado de São Paulo)


247 - O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), não mediu palavras durante a coletiva de imprensa desta sexta-feira (15) no Palácio dos Bandeirantes, falando em genocídio por parte do governo federal, criticando a postura negacionista das autoridades e pedindo à sociedade civil uma reação contundente contra Bolsonaro. 

"Li uma manifestação do presidente Jair Bolsonaro dizendo 'fiz tudo o que estava ao meu alcance, o problema agora é do estado do Amazonas e da Prefeitura de Manaus'. Inacreditável. Inacreditável. Em outro país isso talvez fosse classificado como genocídio. É um abandono aos brasileiros", disse, em referência à falta de cilindros de oxigênio para pacientes com Covid-19 em estado grave no Amazonas. 

"O negacionismo dominando o país no governo federal. Um mar de fracasso, colocando como vítimas milhares de brasileiros que perderam a sua vida e outros milhares que podem perder. Está na hora de termos uma reação a isso. Da sociedade civil, dos brasileiros, da população do Brasil, da imprensa, do Congresso Nacional de quem puder ajudar. Ou vamos assistir a isso? Ou vamos assistir a isso por meses e achar que é isso normal, que faz parte e que a ideologia do negacionismo é aceitável?", completou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Doria ainda ofereceu assistência à capital manauara. 40 respiradores produzidos pela Universidade de São Paulo (USP) serão enviados à Secretaria de Saúde do Amazonas, e leitos serão oferecidos para os bebês prematuros que poderão ter seu oxigênio cortado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inscreva-se na TV 247, seja membro, e compartilhe:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email