"É perceptível um certo vácuo de liderança", diz Gilmar Mendes

"De um lado, é perceptível um certo vácuo de liderança, não é só no Brasil, é no mundo. A grande líder neste momento é a Angela Merkel (Alemanha) e para-se por aí. Temos que ordenar esse quadro para sairmos dessa situação", disse o ministro do STF, Gilmar Mendes

Gilmar Mendes
Gilmar Mendes (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse que existe um "vácuo no poder" não apenas no Brasil, mas no mundo. A informação é do jornal O Globo.

"De um lado, é perceptível um certo vácuo de liderança, não é só no Brasil, é no mundo. A grande líder neste momento é a Angela Merkel (Alemanha) e para-se por aí. Temos que ordenar esse quadro para sairmos dessa situação", afirmou o ministro.

Gilmar Mendes disse que, caso Bolsonaro resolva baixar uma norma revogando o isolamento social como medida de contenção do coronavírus, a medida será derrubada pelo STF.

"Tenho muita dúvida se algum tribunal vai validar eventual decisão do governo federal que contrarie as orientações da OMS (Organização Mundial de Saúde). Acho nenhum juiz do Supremo Tribunal Federal vai validar esse tipo de entendimento", afirmou o ministro, que elogiou as ações dos governadores diante da crise.

"Nesse quadro de vácuo, manifestaram-se algumas lideranças estaduais, como os governadores de São Paulo, Maranhão e Rio de Janeiro. E algumas autoridade no plano municipal, vejam o heroismo emocionante do Bruno Covas em São Paulo, todo dia na televisão tratando do interesse público. Num momento desse, é digno de se realçar, são menções de heroismo", disse.

"Nós estamos tendo um retorno da politica dos governadores para o bem, pessoas de coloração partidária as mais diversas", acrescentou.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email