“É um grande dia para a democracia”, diz advogado de Lula na ONU

"É muito raro que a ONU entre em ação antes de um processo seja concluído, apenas em casos de danos irreparáveis. Está claro que Lula foi submetido a uma situação inadmissível", disse Geoffrey Robertson, que é um dos maiores especialistas em direitos humanos no mundo; "O Estado está obrigado a cumprir a liminar e participar das eleições. A comunidade internacional está preocupada em garantir um juízo justo", declarou; assista

“É um grande dia para a democracia”, diz advogado de Lula na ONU
“É um grande dia para a democracia”, diz advogado de Lula na ONU (Foto: Divulgação | Stuckert)

247 - O advogado Geoffrey Robertson, que representa o ex-presidente Lula na Organização das Nações Unidas, afirmou nesta tarde que hoje "é um grande dia para a democracia". A declaração foi feita durante a coletiva de imprensa dos advogados de Lula e os ex-ministros Celso Amorim e Paulo Sérgio Pinheiro.

"É muito raro que a ONU entre em ação antes de um processo seja concluído, apenas em casos de danos irreparáveis. Está claro que Lula foi submetido a uma situação inadmissível", disse Geoffrey Robertson, que é um dos maiores especialista em direitos humanos no mundo.

"A decisão sobre o próximo presidente do Brasil não ficará a cargo de juízes, mas sobre a vontade do povo brasileiro", completou o advogado australiano. "O Estado está obrigado a cumprir a liminar e participar das eleições. A comunidade internacional está preocupada em garantir um juízo justo", disse ainda.

Inscreva-se na TV 247 e assista à coletiva dos advogados:

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247