Eduardo Moreira: Bolsonaro matou a prazo vários brasileiros

O escritor e economista Eduardo Moreira condena mais uma declaração de Jair Bolsonaro, que insiste no uso da cloroquina como cura da Covid-19 e passa um clima de normalidade no país. “Quantas pessoas não vão morrer por conta desse vídeo do Bolsonaro? Ele mata os brasileiros a prazo, muitos assistiram ao vídeo e pensam que está tudo bem”, disse ele

Eduardo Moreira e Jair Bolsonaro mostrando um comprimido de cloroquina
Eduardo Moreira e Jair Bolsonaro mostrando um comprimido de cloroquina (Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O escritor e economista Eduardo Moreira, em análise política em seu canal com o também jornalista Leonardo Attuch, destacou a completa irresponsabilidade de Jair Bolsonaro, que declarou ter contraído Covid-19 e faz uma cruzada em defesa da medicação Cloroquina, cuja eficácia é contestada pela comunidade médica mundial. Segundo Moreira, o vídeo de Bolsonaro dizendo que tomou a medicação e agora se sente melhor é uma forma de “matar a prazo muitos brasileiros”, pois muitos acreditam em sua declaração e “pensam que está tudo bem”. 

“Ao dizer que tomou a cloroquina e melhorou, ele está desrespeitando, de uma maneira perversa, todas as pessoas que tiveram a doença e morreram, é algo inaceitável”, defendeu Moreira. 

Ele  alertou que “é uma grande mentira o uso da cloroquina na cura da Covid". "Se fosse assim o mundo inteiro estaria tomando essa medicação, que é barata e de fácil produção, mas o que vemos são centenas de milhares de mortes”, completou. 

Moreira também destacou em sua fala que a Organização Mundial da Saúde baniu a cloroquina de seus estudos. “Pesquisa envolve custos e a OMS já deixou claro que o medicamento não funciona”. 

Confira: 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email