Eleitor de Aécio, Marcelo é crítico do ajuste

Segundo a colunista Mônica Bergamo, o presidente do grupo Odebrecht, preso na Lava Jato, revelou a vários interlocutores, depois das eleições presidenciais, que votou em Aécio Neves (PSDB) para presidente da República, a quem definia como amigo; o empresário é um crítico da política econômica e do ajuste fiscal, que julga ser um desastre que só beneficiava os bancos

Segundo a colunista Mônica Bergamo, o presidente do grupo Odebrecht, preso na Lava Jato, revelou a vários interlocutores, depois das eleições presidenciais, que votou em Aécio Neves (PSDB) para presidente da República, a quem definia como amigo; o empresário é um crítico da política econômica e do ajuste fiscal, que julga ser um desastre que só beneficiava os bancos
Segundo a colunista Mônica Bergamo, o presidente do grupo Odebrecht, preso na Lava Jato, revelou a vários interlocutores, depois das eleições presidenciais, que votou em Aécio Neves (PSDB) para presidente da República, a quem definia como amigo; o empresário é um crítico da política econômica e do ajuste fiscal, que julga ser um desastre que só beneficiava os bancos (Foto: Roberta Namour)

247 – Preso na operação Lava Jato, acusado de pagamento de propina para fechar contratos públicos, o empresário Marcelo Odebrecht seria um eleitor do tucano Aécio Neves.

Segundo a colunista Mônica Bergamo, ele revelou a vários interlocutores, depois das eleições presidenciais, que votou em Aécio para presidente da República, a quem definia como amigo.

O empresário também é um crítico da política econômica e do ajuste fiscal, que julga ser um desastre que só beneficiava os bancos.

“A maior preocupação dele era com o setor imobiliário -o governo subiu os juros para diversos segmentos na compra da casa própria, o que poderia, na opinião do empreiteiro, causar uma enxurrada de distratos, ou anulação de contratos de compras de imóveis que as pessoas já não teriam mais condições de financiar”, afirma a jornalista.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247