Eleonora Menicucci: as mulheres não se curvarão ao atraso desse governo

Ex-ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres se manifestou contra a orientação do Itamaraty para que diplomatas reiterem que “no entendimento do governo brasileiro, a palavra 'gênero' significa o sexo biológico", conforme divulgado pela Folha

São Paulo- SP- Brasil- 11/10/2016- Mulheres fazem ato em frente ao Tribunal de Justiça em SP nesta terça-feira (11/10), no último julgamento da ação que Alexandre Frota move contra a ex-ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci. A ação por danos morais contra a ex-ministra é movida pelo ator, após declarações do mesmo em um programa de TV,  e que segundo Menicucci faziam apologia ao crime de estupro. Foto: Roberto Parizotti/ CUT
São Paulo- SP- Brasil- 11/10/2016- Mulheres fazem ato em frente ao Tribunal de Justiça em SP nesta terça-feira (11/10), no último julgamento da ação que Alexandre Frota move contra a ex-ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci. A ação por danos morais contra a ex-ministra é movida pelo ator, após declarações do mesmo em um programa de TV, e que segundo Menicucci faziam apologia ao crime de estupro. Foto: Roberto Parizotti/ CUT (Foto: Editora Brasil 247)

247 - Ex-minisra da Secretaria de Políticas para as Mulheres, Eleonora Menicucci criticou de forma veemente a orientação do Itamaraty, conforme noticiado pela Folha, para que diplomatas reiterassem, em negociações em foros multilaterais, que, no entendimento do governo brasileiro, a palvra gênero diz respeito somente ao sexo biológico da pessoa. 

"Foi divulgado hoje pela jornalista da FSP Patrícia Melo que “os diplomatas brasileiros receberam nas últimas semanas instruções oficiais do comando do Itamaraty para que, em negociações em foros multilaterais, reiterem 'o entendimento do governo brasileiro de que a palavra gênero significa o sexo biológico: feminino ou masculino'. Mais uma violência contra os direitos adquiridos pelos movimentos de Mulheres e Feministas: as relações de gênero como construções sociais e culturais", declarou Menicucci.

"O governo ultraconservador, fundamentalista com vieses neo fascistas agora intimida e exige que [email protected] s diplomatas brasileiros defendam a 'ideologia de Gênero'. Informo ao atual Ministro das Relações Exteriores que ele precisa estudar para não falar tanta besteira, aliás, ele é parte da direita mais fundamentalista e atrasada que já ouvimos falar. As mulheres não se curvarão a esse atraso em nenhum Fórum internacional, defenderemos as relações de gênero em todas os espaços. Basta de retrocesso e perda de direitos", prosseguiu a ex-ministra.

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247