Em 1983, general da repressão mandou um 'cala boca' a jornalista igual Bolsonaro

Newton Cruz, ex-chefe do SNI, ainda deu chave de braço em repórter em frentes às câmeras após mandá-lo calar a boca

General Newton Cruz
General Newton Cruz (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Fórum - O novo ataque do presidente Jair Bolsonaro a jornalistas nesta terça-feira (5) trouxe à tona um episódio do período da ditadura militar. Em dezembro de 1983, já na “lenta e gradual” reabertura, o general Newton Cruz mandou um jornalista se calar.

O alvo de Cruz foi Honório Dantas, jornalista da Rádio Planalto. Dantas questionava o general por medidas de emergência decretadas pelo governo no Distrito Federar. “Deixa eu falar!”, gritou Cruz. “Pode falar, general”, respondeu o repórter. “Desliga essa droga então”, finalizou o militar.

Cruz se retirou e Dantas então disse que tinha orgulho do empurrão. Foi quando o general voltou, chamou o profissional de imprensa de “moleque” e deu uma chave de braço no repórter até que ele pedisse desculpas.

Leia a íntegra na Fórum. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247