Em mais uma tentativa de 'decolar', Alckmin adota discurso do empoderamento feminino

No desespero para sair do dígito simples de intenção de voto, o candidato do PSDB à presidência Geraldo Alckmin passou a investir no discurso em defesa da mulher, mais precisamente do 'empoderamento da mulher'; Alckmin usou os termos: "vamos empoderar as mulheres" e frisou: "elas são melhores do que nós, homens"

Em mais uma tentativa de 'decolar', Alckmin adota discurso do empoderamento feminino
Em mais uma tentativa de 'decolar', Alckmin adota discurso do empoderamento feminino

247 - No desespero para sair do dígito simples de intenção de voto, o candidato do PSDB à presidência Geraldo Alckmin passou a investir no discurso em defesa da mulher, mais precisamente do 'empoderamento da mulher'. Alckmin usou os termos: "vamos empoderar as mulheres" e frisou: "elas são melhores do que nós, homens."

A reportagem do jornal Folha de S. Paulo destaca: "Alckmin e Marina Silva (Rede) são rejeitados por 23% das mulheres, mas a candidata tem a maior intenção de voto (19%) em cenário sem Luiz Inácio Lula da Silva (PT). O ex-presidente tem 39% do eleitorado feminino." 

E prossegue na esteira das estatísticas: "com ele [Lula] na disputa, Alckmin fica com 7% dos votos femininos. Sem Lula, fica com 9%. Espontaneamente, 1% das mulheres elegem o tucano."

 

 

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247