Em nota, Odebrecht esclarece palestras de Lula, FHC e Felipe González

Companhia afirma que "é de conhecimento público e já esclarecido inúmeros vezes para a imprensa (...) que nossa empresa patrocinou, sim, algumas palestras de ex-presidentes (Fernando Henrique Cardoso, Lula e o espanhol Felipe Gonzalez) no Brasil e no exterior. São ações remuneradas para participações em eventos públicos, absolutamente legítimas e transparentes"; segundo a Odebrecht, que respondeu a uma reportagem do Globo, "não há nada de ilegal ou 'sigiloso' nestes programas"

www.brasil247.com - Companhia afirma que "é de conhecimento público e já esclarecido inúmeros vezes para a imprensa (...) que nossa empresa patrocinou, sim, algumas palestras de ex-presidentes (Fernando Henrique Cardoso, Lula e o espanhol Felipe Gonzalez) no Brasil e no exterior. São ações remuneradas para participações em eventos públicos, absolutamente legítimas e transparentes"; segundo a Odebrecht, que respondeu a uma reportagem do Globo, "não há nada de ilegal ou 'sigiloso' nestes programas"
Companhia afirma que "é de conhecimento público e já esclarecido inúmeros vezes para a imprensa (...) que nossa empresa patrocinou, sim, algumas palestras de ex-presidentes (Fernando Henrique Cardoso, Lula e o espanhol Felipe Gonzalez) no Brasil e no exterior. São ações remuneradas para participações em eventos públicos, absolutamente legítimas e transparentes"; segundo a Odebrecht, que respondeu a uma reportagem do Globo, "não há nada de ilegal ou 'sigiloso' nestes programas" (Foto: Gisele Federicce)


247 – A Odebrecht esclareceu, em nota divulgada no jornal O Globo nesta segunda-feira 13, ter pagado por uma viagem de Lula em 2013 porque o ex-presidente realizou uma palestra "para empresários, investidores, políticos e formadores de opinião". O roteiro da viagem passou por Cuba, República Dominicana e Estados Unidos, conforme noticiou o Globo neste domingo 12.

Lula viajou acompanhado do diretor de Relações Institucionais da construtora, Alexandrino Alencar, que é apontado por três delatores da Lava Jato como sendo o operador do pagamento de propinas para a empreiteira no exterior. Segundo a Líder Táxi Aéreo, responsável pelo voo em que estava Lula, foi pedido sigilo pela contratante.

O Instituto Lula confirmou a palestra concedida pelo ex-presidente e esclareceu que nem sempre a organização divulga na agenda oficial a participação do petista em eventos privados. Questionado sobre seu relacionamento com Lula, Alexandrino Alencar respondeu que "conhece o ex-presidente Lula e sempre teve com ele uma relação de cordialidade e respeito".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na nota, a Odebrecht afirma que "é de conhecimento público e já esclarecido inúmeros vezes para a imprensa (...) que nossa empresa patrocinou, sim, algumas palestras de ex-presidentes (Fernando Henrique Cardoso, Lula e o espanhol Felipe Gonzalez) no Brasil e no exterior. São ações remuneradas para participações em eventos públicos, absolutamente legítimas e transparentes", diz o texto.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia a íntegra:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email