Em nova censura, TSE suspende propaganda de Haddad com apoio de Lula

Ministro do TSE Sérgio Banhos considerou que a peça publicitária está irregular, uma vez que é excedido o tempo limite de 25% para apoiador aparecer na propaganda eleitoral do candidato; filme petista traz a leitura da Carta de Lula ao Povo Brasileiro

Em nova censura, TSE suspende propaganda de Haddad com apoio de Lula
Em nova censura, TSE suspende propaganda de Haddad com apoio de Lula (Foto: Ricardo Stuckert)

247 - Em nova manifestação de censura contra a campanha do PT, o ministro Sergio Banhos, do Tribunal Superior Eleitoral, suspendeu nesta segunda-feira (17) a propaganda do PT na qual o ex-presidente Lula aparece apresentando Fernando Haddad como novo candidato do partido à Presidência da República.

Banhos considerou que a peça publicitária está irregular, uma vez que é excedido o tempo limite de 25% para apoiador aparecer na propaganda eleitoral do candidato. O filme petista traz a leitura da Carta de Lula ao Povo Brasileiro.

"Trata-se, como de fácil percepção, de carta de apoiamento do ex-Presidente Lula a Fernando Haddad. No bojo da missiva, foram endereçadas expressões como 'E o nosso nome agora é Fernando Haddad' e "Eu quero pedir de coração a todos que votariam mim, que votem no Haddad para presidente', que traduzem o apoio expresso do remetente ao novo candidato a presidente. Ocorre, todavia, que, em desrespeito à legislação eleitoral, quase 50% do tempo da propaganda eleitoral restou dedicado à leitura, por terceiros, dos termos da referida carta de apoio, intitulada 'Carta de Lula ao Povo Brasileiro', afirmou o ministro.

No texto, Lula aparece afirmando que sua candidatura foi proibida e que vetaram o povo brasileiro de votar livremente. "A razão da minha vida é lutar. Há mais de cinco meses, estou preso sem prova nem crime. Nunca aceitei a injustiça nem vou aceitar. Sou inocente, sou inocente! A perseguição me tirou a minha companheira Marisa. Mas, mesmo assim, não desisti, não desisti. Lula Livre! Se querem calar a nossa voz, estão muito enganados. Continuamos vivos no coração e na memória do povo. E o nosso nome agora é Fernando Haddad", diz o ex-presidente.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247