Em outro podcast, Bolsonaro disse que 'meninas de 14 ou 15 anos, bonitinhas' chamaram sua 'atenção' (vídeo)

"Olhei para trás e vi umas duas, três, menininhas bonitinhas de uns 14, 15 anos de idade. Me chamou a atenção. Bonitinhas", disse Bolsonaro em entrevista a um podcast evangélico

(Foto: REUTERS/Adriano Machado)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - A declaração de cunho pedófilo feita por Jair Bolsonaro (PL) de que havia ‘pintado um clima" com jovens de '14 e 15 anos', relatada por ele durante uma entrevista concedida a um um podcast na sexta-feira (14), já havia sido proferida por anteriormente, em setembro, durante uma transmissão ao vivo com influenciadores evangélicos. Na ocasião, Bolsonaro afirmou que as menores venezuelanas que se encontram no abrigo visitado por ele estavam ali “para fazer programa”. 

Na entrevista, o atual ocupante do Palácio do Planalto afirmou que chegou a esta conclusão porque as jovens "todas muito bem arrumadas, estavam fazendo o cabelo". “Estavam se arrumando para quê? Alguém tem ideia? Quer que eu fale? Não vou falar", disse em seguida. Após um dos influenciadores dizer que elas estariam fazendo programas, Bolsonaro assentiu: “para fazer programa. Vocês acham que elas queriam fazer isso? Qual era a fonte de sobrevivência delas? Essa". 

continua após o anúncio

Uma das mulheres venezuelanas que estava presente no dia em que Bolsonaro visitou o local, porém, desmentiu a versão montada por ele. Segundo a mulher, sua filha e sobrinha estavam no local, onde acontecia uma ação social para refugiados venezuelanos no Distrito Federal .

>>> Venezuelana refuta Bolsonaro e diz que não havia prostituição de menores na casa que ele visitou 

continua após o anúncio

"Não tem nada a ver com o que ele está falando agora", disse a mulher, que pediu para ter seu nome preservado por temer represálias. 

A repercussão das declarações levaram Jair Bolsonaro a abrir uma live de emergência, na madrugada deste domingo (16), em uma tentativa de explicar as declarações. Na transmissão, gravada pouco após a meia noite, Bolsonaro acusou o PT e a campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) de deturpar a situação e de “ultrapassar todos os limites'', além de afirmar que não foi ao local escondido. 

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

continua após o anúncio

 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247