Em tom ditatorial, Bolsonaro pede providências contra servidor que o criticava

Bolsonaro ficou enfurecido ao receber um compilado de postagens feitas nas redes sociais por um anônimo superintendente da Receita Federal do interior da Bahia e mandou José Tostes, o secretário especial da Receita Federal, tomar pé do assunto e resolvê-lo

(Foto: ADRIANO MACHADO - REUTERS)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Jair Bolsonaro ficou enfurecido ao receber um compilado de postagens feitas nas redes sociais por um anônimo superintendente da Receita Federal do interior da Bahia. A informação é do jornalista Lauro Jardim, em sua coluna no jornal O Globo.

As publicações revelavam preferências ideológicas desalinhadas com o Palácio do Planalto.

No Facebook, ele esculhamba o governo, critica Bolsonaro e exalta Chico Buarque — na tortuosa visão do presidente, uma grave infração.

Bolsonaro mandou José Tostes, o secretário especial da Receita Federal, tomar pé do assunto e resolvê-lo.  

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247