Embaixador alemão diz que gesto nazista em atos no Brasil é "ataque à democracia"

"Apologia ao nazismo é crime", insistiu o embaixador da Alemanha no Brasil, Heiko Thoms

(Foto: Reprodução)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O governo da Alemanha emitiu uma declaração de repúdio diante da mobilização bolsonarista em Santa Catarina, na qual manifestantes fazem gestos nazistas na cidade de São Miguel do Oeste, protestando contra o resultado da eleição presidencial, que o ex-presidente Lula (PT) venceu.

O embaixador da Alemanha no Brasil, Heiko Thoms, escreveu nas redes sociais que "o uso de símbolos nazistas e fascistas por ‘manifestantes’ claramente de extrema direita é profundamente chocante". "Apologia ao nazismo é crime", insistiu.

continua após o anúncio

Ele também apontou que "não se trata de liberdade de expressão, mas de um ataque à democracia e ao estado de direito no Brasil". "Esse gesto desrespeita a memória das vítimas do nazismo e os horrores causados por ele", completou.

>>> Leia mais: Vitória de Lula ‘abre caminho para vencer o neonazismo no Brasil’, afirmam estudiosos do tema

continua após o anúncio

Por outro lado, o Ministério Público de SC fechou os olhos a afirmou que não vê apologia ao nazismo e que a iniciativa partiu de uma fala de um locutor, que pedia para as pessoas "estenderem a mão sobre o ombro da pessoa a sua frente" para "emanar energias positivas".

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247