Embaixador chama Bolsonaro de “monstro” que devasta a nação e assassina brasileiros

"Não há mais nada a dizer sobre o estado de sanidade mental do monstro que se disfarça de presidente para devastar a nação e assassinar brasileiros", diz o embaixador Paulo Roberto de Almeida, de 71 anos

www.brasil247.com - Embaixador Paulo Roberto de Almeida
Embaixador Paulo Roberto de Almeida (Foto: Roque Sá/Agencia Senado)


247 - O embaixador Paulo Roberto de Almeida, de 71 anos, chamou Jair Bolsonaro de "monstro" por causa do mau gerenciamento da pandemia do coronavírus e do negacionismo do governo.

"Não há mais nada a dizer sobre o estado de sanidade mental do MONSTRO que se disfarça de presidente para devastar a nação e assassinar brasileiros. Mas, e o estado de sanidade mental dos que o cercam? Vão continuar participando do GENOCÍDIO? Vão continuar servindo a um PSICOPATA?", escreveu o diplomata.

Em março de 2019, Almeida foi demitido do cargo de diretor do Instituto de Pesquisa de Relações Internacionais (IPRI) e foi para a Divisão de Comunicações e Arquivo, onde são exercidas funções de caráter burocrático.

Inscreva-se no canal de cortes do 247 e assista a um vídeo em que a presidente do Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (CEBES), Lúcia Souto, fala sobre a necessidade de medidas mais rígidas contra a pandemia:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247