Embaixador chama Bolsonaro de “monstro” que devasta a nação e assassina brasileiros

"Não há mais nada a dizer sobre o estado de sanidade mental do monstro que se disfarça de presidente para devastar a nação e assassinar brasileiros", diz o embaixador Paulo Roberto de Almeida, de 71 anos

www.brasil247.com - Embaixador Paulo Roberto de Almeida
Embaixador Paulo Roberto de Almeida (Foto: Roque Sá/Agencia Senado)


247 - O embaixador Paulo Roberto de Almeida, de 71 anos, chamou Jair Bolsonaro de "monstro" por causa do mau gerenciamento da pandemia do coronavírus e do negacionismo do governo.

"Não há mais nada a dizer sobre o estado de sanidade mental do MONSTRO que se disfarça de presidente para devastar a nação e assassinar brasileiros. Mas, e o estado de sanidade mental dos que o cercam? Vão continuar participando do GENOCÍDIO? Vão continuar servindo a um PSICOPATA?", escreveu o diplomata.

Em março de 2019, Almeida foi demitido do cargo de diretor do Instituto de Pesquisa de Relações Internacionais (IPRI) e foi para a Divisão de Comunicações e Arquivo, onde são exercidas funções de caráter burocrático.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inscreva-se no canal de cortes do 247 e assista a um vídeo em que a presidente do Centro Brasileiro de Estudos de Saúde (CEBES), Lúcia Souto, fala sobre a necessidade de medidas mais rígidas contra a pandemia:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email