Empresários querem detalhes sobre eventual governo do PSB

Braço-direito de Marina Silva, Walter Feldman tem se reunido com banqueiros e grandes empresários para esclarecer como seria uma eventual gestão da candidata; maioria das dúvidas do mercado passa pela condução política de Marina e como será realizado, em detalhes, o plano de autonomia do Banco Central; na terça-feira, o almoço foi com a cúpula do Itaú

Ministro Padilha se reúne com o deputado Walter Feldman, São Paulo.

Foto: Karina Zambrana - ASCOM/MS
Ministro Padilha se reúne com o deputado Walter Feldman, São Paulo. Foto: Karina Zambrana - ASCOM/MS (Foto: Gisele Federicce)

247 – Os banqueiros e grandes empresários querem saber detalhes sobre como se dará o governo de Marina Silva, caso ela seja eleita presidente em outubro. Para esclarecer as dúvidas, a candidata tem usado seu braço-direto, Walter Feldman.

Ele almoçou com a cúpula do Itaú na terça-feira e, na próxima segunda, "ouvirá um novo – e extenso – grupo do mercado financeiro", noticia Lauro Jardim.

Segundo o colunista, o grupo vem deixando a economia em segundo plano e focando as dúvidas na condução política da presidenciável. "Querem explicações, principalmente, sobre: como se dará a governabilidade, em que bases será feito o processo de transição e detalhes da autonomia do Banco Central", diz ele.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247