"Entrei em modo guerra. Quando isso acontece, viro o diabo", ameaça Wassef

Acuado em meio às suspeitas do caso Fabrício Queiroz, Frederick Wassef, ex -advogado do cla Bolsonaro, mandou recado velado avisando o que pode acontecer caso seja abandonado

Jair Bolsonaro e Frederick Wassef
Jair Bolsonaro e Frederick Wassef (Foto: Reuters | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - Ao receber jornalistas da revista Veja, na última quarta-feira (24), para a entrevista que estampa a capa da publicação, Frederick Wassef, que é chamado de “Anjo” nas investigações conduzidas pelo Ministério Público do Rio de Janeiro, mandou recado velado para o clã Bolsonaro: “Entrei em modo guerra. Quando isso acontece, viro o diabo”, disse aos repórteres Daniel Pereira e Sergio Ruiz Luz.

Os dois jornalistas confirmam o descontrole emocional do advogado depois que a prisão de Fabrício Queiroz em sua chácara em Atibaia, no interior de São Paulo, o levou ao centro do maior escândalo do governo Jair Bolsonaro.

“Durante o dia, alterna lampejos de euforia com mergulhos em momentos de depressão, nos quais sua verborragia incontida dá lugar a rápidas pausas — dramáticas, quase cênicas — para respiração”, relatam na reportagem.

Leia a íntegra na Fórum. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247