CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

Erika Hilton se irrita com bolsonarista que tumultuava CPMI do 8/1: "vem vestido como quer, como se fosse um aerolook"

Deputada acusou Abílio Brunini de faltar com o decoro. Ele não estava inscrito na CPMI mas apareceu para discutir com parlamentares durante a sessão desta quinta

Imagem Thumbnail
Erika Hilton e Abílio Brunini (Foto: Reprodução/TV Senado)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - A deputada federal Erika Hilton (PSOL-SP) repreendeu o parlamentar bolsonarista Abilio Brunini (PL-MT) durante a sessão desta quinta-feira (25) da CPMI dos Atos Golpistas, denunciando que ele havia comparecido apenas para tumultuar e interpelar os colegas que participavam dos debates e nem sequer estava vestido de acordo com as regras do regimento interno do Congresso. Vale lembrar que Brunini não está inscrito na CPMI e, mesmo assim, apareceu para participar das discussões.

Irritada com as interrupções e atitudes do bolsonarista, Erika denunciou a vestimenta dele e a chamou de um 'aerolook', alegando que Brunini faltava com "o decoro e o bom senso". A situação repercutiu nas redes sociais.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

"Pela ordem, presidente, eu queria fazer só uma indagação se não há uma veste prevista pelo regimento da Casa para que deputados e Senadores possam se manifestar. O deputado vem vestido da forma como quer, como se fosse um aerolook, e ainda quer tumultuar os trabalhos da CPMI. Então eu pediria à vossa excelência que se fizesse cumprir o regimento para que o deputado respeitasse o trabalho da CPMI. O deputado não está nem inscrito e fica interpelando as falas dos colegas", disse a deputada. Assista ao momento no vídeo abaixo

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO