Eunício Oliveira compra apartamento leiloado de Ciro e ironiza: "arrematei de sacanagem"

"O homem não administra nem o patrimônio dele, quer administrar o Brasil?”, ironizou o ex-presidente do Senado, desafeto de Ciro

www.brasil247.com -
(Foto: Adriano Machado/Reuters | Marcelo Camargo/Agência Brasil)


247 - O ex-ministro Ciro Gomes teve um apartamento vendido pela Justiça para pagar uma indenização devida pelo presidenciável do PDT ao senador Fernando Collor. O imóvel, localizado em Fortraleza, foi comprado por R$ 451 mil no leilão judicial pelo ex-presidente do Senado, Eunício Oliveira. 

Desafeto de Ciro, Eunício ironizou a compra. “Arrematei de sacanagem… O homem não administra nem o patrimônio dele, quer administrar o Brasil?”, afirmou o ex-senador, segundo o colunista Robson Bonin, da Veja

Collor processou Ciro após o pedetista afirmar, em 1999, que Lula deveria ter chamado seu concorrente de “playboy safado” e “cheirador de cocaína” nas eleições de 1989. A indenização foi fixada em R$ 400 mil. Como Ciro não pagou, a Justiça determinou a penhora do imóvel.

NOTA DE ESCLARECIMENTO - Assessoria de imprensa de Ciro Gomes

Sobre o leilão de um apartamento supostamente pertencente  a Ciro Gomes para pagamento de indenização por dano moral  a Fernando Color, temos a informar:

1. Trata-se de ação judicial eivada de vícios e nulidade, com recurso pendente de julgamento ao Superior Tribunal de Justiça; 

2. Desde o início do processo, em 1999, adversários tentam se aproveitar do fato para fazer politicagem;

3. O clímax se deu agora quando um deles, por mera chicana, aproveitou-se para arrematar os direitos do devedor fiduciário do imóvel, que sequer é propriedade de Ciro Gomes; 

4. Ciro Gomes confia na decisão isenta e técnica dos tribunais superiores que darão palavra final sobre a causa.

Assessoria de Imprensa

Inscreva-se no canal de cortes da TV 247 e saiba mais:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email