Ex-juiz suspeito, Moro tem 8 das 45 sentenças da Lava Jato anuladas

Moro vem sendo desmoralizado pelas instâncias superiores do Judiciário

www.brasil247.com -
(Foto: Lula Marques)


247 - Das 45 sentenças expedidas de 2014 a 2018 pelo ex-juiz suspeito Sergio Moro no âmbito da Operação Lava Jato, 8 já foram anuladas no Supremo Tribunal Federal (STF) ou no Superior Tribunal de Justiça (STJ). A mais emblemática reviravolta é a invalidação do processo contra o ex-presidente Lula na ação do "tríplex do Guarujá". 

Moro vem sendo desmoralizado pelas instâncias superiores do Judiciário. Três das anulações se baseiam no STF, que demonstrou a incompetência jurídica da "República de Curitiba", no passado comandada pelo ex-juiz suspeito.

Além do chamado "caso tríplex do Guarujá", cinco sentenças assinadas pelo ex-juiz parcial foram revistas em 2021 nas instâncias superiores.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na ação do tríplex, além da questão da jurisdição, o Supremo também determinou que Moro agiu de modo parcial.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O ministro Gilmar Mendes afirmou que havia um "problema psicológico e psiquiátrico" e que o Supremo ficou "submetido à República de Curitiba".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ações penais ainda não sentenciadas e inquéritos em tramitação têm sido retirados da "República de Curitiba", o grande trampolim  para o salto político e patrimonial de Moro e seu comparsa Dallagnol. (Com informações da Folha de S.Paulo). 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email