Exército Brasileiro prende cinco militares venezuelanos próximo da fronteira com Roraima

Segundo nota dos ministérios da Defesa e das Relações Exteriores, cinco militares venezuelanos estavam desarmados na região da terra indígena de São Marcos, no nordeste de Roraima. "Eles foram conduzidos a Boa Vista, onde estão sendo entrevistados", disse o governo brasileiro

Ministro de Estado das Relações Exteriores, Ernesto Araújo e Jair Bolsonaro
Ministro de Estado das Relações Exteriores, Ernesto Araújo e Jair Bolsonaro (Foto: Marcos Corrêa/PR)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Os ministérios da Defesa e das Relações Exteriores divulgaram nota conjunta em que afirmam que apreenderam cinco militares venezuelanos na região da terra indígena de São Marcos, no nordeste de Roraima.

De acordo com a nota, os militares venezuelanos "estavam desarmados e foram conduzidos a Boa Vista, onde estão sendo entrevistados".

A patrulha os encontrou na mata nesta quinta-feira (26) durante missão de patrulhamento.

Leia a íntegra da nota

Brasília, 27 de dezembro de 2019

O Ministério da Defesa e o Ministério das Relações Exteriores informam que, nesta quinta-feira (26/12), durante missão de reconhecimento e patrulhamento nas áreas de fronteira, conduzida por unidades do Exército Brasileiro, foram localizados, na região da terra indígena de São Marcos, nordeste de Roraima, cinco militares venezuelanos. Esses militares venezuelanos estavam desarmados e foram conduzidos a Boa Vista, onde estão sendo entrevistados.

O Exército Brasileiro intensificou o patrulhamento na região da faixa da fronteira, confrome o previsto na Lei Complementar nº 97/1999.

Assessoria de Comunicação Social do Ministério da Defesa
Departamento de Comunicação Social do Ministério das Relações Exteriores

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247