Família Moro vende tudo

O casal Moro, Sergio e Rosângela, está anunciando em grupo de Whatsapp vários objetos para venda enquanto arruma a volta a Curitiba, depois da saída do Ministério da Justiça. O próprio Moro fotografou os objetos e postou. Destaque para uma esteira ergométrica

Sérgio Moto
Sérgio Moto (Foto: Reuters | Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Uma esteira ergométrica foi uma das primeiras peças arrematadas no leilão que a família Moro está promovendo para encerrar as atividades em Brasília depois da barulhenta saída do Ministério da Justiça e a volta a Curitiba. O casal Moro, Sergio e Rosângela, estão anunciando em grupo de Whatsapp, vários objetos para venda. O próprio Moro fotografou os objetos e postou.

Segundo a jornalista Bela Megale, de O Globo, só pode comprar os objetos quem está num grupo de  Whatsapp da equipe de Moro no Ministério da Justiça. A esteira de corrida que Moro usava para se exercitar foi uma das primeiras peças a serem vendidas pelo ex-ministro e ex-juiz.

Moro começou a arrumar sua mudança na sexta-feira (24), quando pediu demissão.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247