Feliciano ataca ministro Celso de Mello, do STF, por “postura indecorosa” pelas críticas feitas a Bolsonaro

Deputado Marco Feliciano (Podemos-SP) atacou o ministro do STF Celso de Mello por criticar Jair Bolsonaro e defender a democracia no episódio em que o ex-capitão divulgou vídeo de apoio às manifestações contra a Corte e o Congresso. Ele também disse ser “histeria” a reação da sociedade visando o impeachment de Bolsonaro

Marco Feliciano; Jair Bolsonaro e Celso de Mello
Marco Feliciano; Jair Bolsonaro e Celso de Mello (Foto: Michel Jesus/ Câmara dos Deputados | PR | STF)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fólrum - Um dos líderes evangélicos mais próximos de Jair Bolsonaro, o deputado Marco Feliciano (Podemos-SP) atacou o ministro Celso de Mello, dizendo que decano do Supremo Tribunal Federal (STF) “presta desserviço para a magistratura nacional” ao comentar a convocação feita pelo presidente ao ato de 15 de março, que pede o fechamento da corte e do Congresso.

“O decano Celso de Melo presta desserviço p/magistratura nacional! Foi o pioneiro nessa postura indecorosa e ilegal de juízes se manifestarem fora dos autos e fazerem política. Qdo a Justiça desce para a planície da política, perde sua isenção e, por isso mesmo, sua legitimidade!”, tuitou Feliciano.

O pastor da Igreja do Avivamento ainda classificou como “histeria” a reação da sociedade diante do caso visando o impeachment de Bolsonaro.

Leia a íntegra na Fórum

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247