Fernando Morais vê fim lamentável de Palocci com traição

Jornalista Fernando Morais lamenta a postura do ex-ministro Antônio Palocci em sua delação ao juiz Sérgio Moro, concentrada nos ex-presidentes Lula e Dilma e no PT; "Curiosamente, ao contrário do sentimento que me despertavam os desbundados dos anos 70, não fiquei com nojo do Palocci. Fiquei com pena, muita pena", diz Morais

Jornalista Fernando Morais lamenta a postura do ex-ministro Antônio Palocci em sua delação ao juiz Sérgio Moro, concentrada nos ex-presidentes Lula e Dilma e no PT; "Curiosamente, ao contrário do sentimento que me despertavam os desbundados dos anos 70, não fiquei com nojo do Palocci. Fiquei com pena, muita pena", diz Morais
Jornalista Fernando Morais lamenta a postura do ex-ministro Antônio Palocci em sua delação ao juiz Sérgio Moro, concentrada nos ex-presidentes Lula e Dilma e no PT; "Curiosamente, ao contrário do sentimento que me despertavam os desbundados dos anos 70, não fiquei com nojo do Palocci. Fiquei com pena, muita pena", diz Morais (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em publicação no Nocaute, Fernando Morais lamenta a postura do ex-ministro Antônio Palocci em sua delação ao juiz Sérgio Moro, concentrada nos ex-presidentes Lula e Dilma e no PT.

"Curiosamente, ao contrário do sentimento que me despertavam os desbundados dos anos 70, não fiquei com nojo do Palocci. Fiquei com pena, muita pena", diz Morais.

Leia a íntegra.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247