CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

FGV: extrema pobreza atinge o menor nível da história do Brasil

De acordo com a Fundação Getulio Vargas, 8,3% da população estavam abaixo da linha de extrema pobreza no ano passado

Imagem Thumbnail
Negros na extrema-pobreza. Foto: Abr
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O nível da miséria chegou ao menor patamar da história do Brasil. De acordo com Centro de Políticas Sociais da Fundação Getulio Vargas (FGV Social), 8,3% da população, ou 16,9 milhões de pessoas, estavam abaixo da linha de extrema pobreza no ano passado. 

Em 2022, 9,6% da população estava na condição de extrema pobreza, o que representou 19,5 milhões de brasileiros. Os cálculos foram  feitos a partir de dados da Pesquisa Nacional de Amostra por Domicílios Contínua (Pnad-C), divulgados nesta sexta-feira (19) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

De acordo com o jornal O Globo, Marcelo Neri, diretor do FGV Social, a série histórica da pesquisa teve início em 2012, não existem estatísticas menores para a extrema pobreza. 

Os primeiros números datam de 1976 e é improvável que, antes disso, a miséria fosse menor no país, afirmou o pesquisador. "Se retroagir a essa série, desde 1976, é a menor taxa de pobreza da História".

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
lula-wellington-dias
Lula, à esq. (presidente da República), e Wellington Dias (ministro do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome). Foto: Ricardo Stuckert / PR

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

Relacionados

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO