FHC prevê fracasso de Bolsonaro, mas defende sua permanência, desde que de boca fechada

Em seu artigo mensal, o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, que articulou o golpe contra a ex-presidente Dilma Rousseff, pede apenas que Jair Bolsonaro se cale

"Brasil vai sangrar mais três anos com Bolsonaro", prevê FHC
"Brasil vai sangrar mais três anos com Bolsonaro", prevê FHC (Foto: Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso publicou um confuso artigo neste domingo, chamado Tempos confusos, em que defende apenas que Jair Bolsonaro se cale, e não que seja afastado, embora preveja seu insucesso. "Tempos confusos os que temos vivido. A tal ponto que estranhamos o que ocorreu no meio da semana: chamou a atenção o fato de o governo não haver arranjado nenhuma confusão nova. Isso depois de, sem dar-se ao luxo de explicar melhor ao país as razões, o presidente haver dispensado vários ministros nas pastas de Educação e Saúde. Pelo menos até a última sexta-feira, quando escrevo este artigo, não demitiu ninguém ou ninguém se sentiu na obrigação de abandonar o Ministério", escreveu FHC. "É assim que vai andando o atual governo, meio de lado." 

Diz ainda FHC que "o mau gerenciamento das crises e da política é o que caracteriza o vaivém do governo Bolsonaro." Ele afirma que "o governo federal desconsiderou os riscos da situação epidêmica no início, e, depois, passou o bastão às autoridades locais." FHC também lamenta que "em tão pouco tempo o governo haja substituído dois ministros na pasta da Educação e que o país ainda não saiba quem será o próximo ministro." 

"Governo que não tem rumo nas principais áreas sociais dificilmente encontrará a lanterna mágica para levar-nos a bom porto. Não são apenas pessoas mal escolhidas. É a falta de projetos, de esperança, o que nos sufoca", adverte ainda FHC. No entanto, como todos sabem, FHC é a favor da permanência de Bolsonaro no cargo. Seu único pedido é que ele se cale. 

"Em nossa cultura e em nosso regime, já de si personalistas, com mais forte razão os líderes exercem um papel simbólico, falam pela comunidade. O líder maior é sempre o presidente, pelo menos enquanto continuar lá. Por isso é tão importante: se não souber falar, se tiver dúvidas, que o presidente se cale. Como nesta semana. Melhor, contudo, é que se emende e fale coisas sensatas, que cheguem ao coração e façam sentido na cabeça das pessoas razoáveis", finaliza FHC.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247