Fila da fome em Cuiabá recebeu ossos de ‘qualidade’, diz governador de Mato Grosso

Declaração é de Mauro Mendes, que tem apoio de Bolsonaro para se reeleger. Postura chama atenção para o comportamento público de representantes do agronegócio em questões sociais

www.brasil247.com -
(Foto: 16h50 Mayke Toscano/Secom-MT | Reprodução/Prefeitura Municipal de Bonito)


Carta Capital - Pré-candidato à reeleição ao governo de Mato Grosso, com o apoio do presidente Jair Bolsonaro (PL), Mauro Mendes (União Brasil) acusou a imprensa de ter agido com “desvirtuação” ao noticiar a formação de filas para receber doações de ossos de um açougue em Cuiabá. Em uma conversa com jornalistas realizada em 7 de julho na capital, o governador afirmou que o açougue distribuiu ossos de “qualidade” aos moradores.

“Gente, com todo o respeito aos senhores da imprensa. Isso foi e é uma grande desvirtuação da verdade e da realidade. Eu vou explicar o porquê. Porque o mesmo ossinho que quele açougue lá… Ele dá aquilo, faz a doação do chamado ossinho… A gente fala ossinho, pelo amor de Deus. Vou até convidar, se vocês quiserem, para a gente ir lá ver qual que é a qualidade desse ossinho.”

A declaração se deu após questionamento de CartaCapital sobre dados divulgados por veículos de imprensa que apontaram índices preocupantes de extrema pobreza e de alta nos preços dos alimentos no estado, o principal para o agronegócio no Brasil.

Leia a íntegra na Carta Capital.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:


O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247