Filho ameaça gestão de Cedraz no TCU

Tiago Cedraz admitiu há um ano defender cerca de 150 processos no Tribunal de Contas da União; Aroldo Cedraz, que assume o comando do TCU a partir de dezembro, entregou uma lista de advogados, incluindo o filho, cujos processos se considera impedido de examinar

www.brasil247.com - Tiago Cedraz admitiu há um ano defender cerca de 150 processos no Tribunal de Contas da União; Aroldo Cedraz, que assume o comando do TCU a partir de dezembro, entregou uma lista de advogados, incluindo o filho, cujos processos se considera impedido de examinar
Tiago Cedraz admitiu há um ano defender cerca de 150 processos no Tribunal de Contas da União; Aroldo Cedraz, que assume o comando do TCU a partir de dezembro, entregou uma lista de advogados, incluindo o filho, cujos processos se considera impedido de examinar (Foto: Roberta Namour)


247 – A troca de comando no Tribunal de Contas da União está prevista para dezembro, mas já apresenta conflito de interesses. Futuro presidente, Aroldo Cedraz entregou uma lista de advogados, incluindo o filho Tiago Cedraz, cujos processos se considera impedido de examinar. Leia na nota de Claudio Humberto, do Diário do Poder, sobre o assunto:

ATUAÇÃO DO FILHO ADVOGADO DO NOVO PRESIDENTE DO TCU AFLIGE MINISTROS

Negócios da Petrobras, sob investigação do Tribunal de Contas da União, serão analisados durante a gestão do futuro presidente do TCU, ministro Aroldo Cedraz, a partir de dezembro. Vários ministros do TCU andam preocupados com as atividades de um filho advogado de Cedraz, Tiago, que atuou na venda de uma refinaria da Petrobras para empresário argentino por uma “taxa de sucesso” de US$ 10 milhões.

Tiago Cedraz admitiu ao jornal O Globo, há um ano, defender cerca de 150 processos no TCU, e garantiu que seu pai se daria por impedido.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Aroldo Cedraz entregou ao TCU uma lista de advogados, incluindo o filho Tiago, cujos processos se considera impedido de examinar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A atuação do filho, apesar do impedimento de Cedraz, constrange até os ministros que têm o futuro presidente no TCU em alta conta.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email