Frei Chico: Lula dorme tranquilo todas as noites, ao contrário de Moro e companhia

Irmão de Lula, Frei Chico visitou o ex-presidente na sede da Polícia Federal em Curitiba e relatou que ele está bem. "Eu estive ontem visitando meu irmão. Ele está bem e disse que dorme tranquilo todas as noites, ao contrário de Moro e companhia. Ele acha que o povo ainda não descobriu o que está acontecendo com o Brasil. Não perdeu a esperança e vai continuar lutando como pode.Temos de nos esforçar para reservar a democracia", disse Chico ao 247

(Foto: Editora 247)

247 - Irmão de Lula, Frei Chico visitou o ex-presidente na sede da Polícia Federal em Curitiba (PR), nesta quinta-feira 21, e relatou que ele está bem.

"Eu estive ontem visitando meu irmão. Ele está bem e disse que dorme tranquilo todas as noites, ao contrário de Moro e companhia. Ele acha que o povo ainda não descobriu o que está acontecendo com o Brasil. Não perdeu a esperança e vai continuar lutando como pode. Temos de nos esforçar para preservar a democracia", contou Chico ao 247.

Lula foi condenado sem provas no processo do triplex em Guarujá (SP), acusao de ter recebido um apartamento como propina da OAS. Mas nunca dormiu, nem tinha a chave do apartamento. 

De acordo com reportagem do Intercept, o procurador duvidava da existência de provas contra Lula, acusado de ter recebido um apartamento da OAS como propina. "No dia 9 de setembro de 2016, precisamente às 21h36 daquela sexta-feira, Deltan Dallagnol enviou uma mensagem a um grupo batizado de Incendiários ROJ, formado pelos procuradores que trabalhavam no caso. Ele digitou: 'Falarão que estamos acusando com base em notícia de jornal e indícios frágeis… então é um item que é bom que esteja bem amarrado. Fora esse item, até agora tenho receio da ligação entre petrobras e o enriquecimento, e depois que me falaram to com receio da história do apto… São pontos em que temos que ter as respostas ajustadas e na ponta da língua'", diz o site.

Outra matéria apontou que Moro "sugeriu trocar a ordem de fases da Lava Jato, cobrou novas operações, deu conselhos e pistas e antecipou ao menos uma decisão, mostram conversas privadas ao longo de dois anos".

No diálogo com Dalagnol pelo aplicativo Telegram ele escreve: "Talvez fosse o caso de inverter a ordem da duas planejadas". "Não é muito tempo sem operação?", questionou.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247