CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Brasil

Funcionários de bancos privados encerram greve

Até a noite desta quarta, bancários de sete estados aceitaram a proposta da Fenaban, que prevê reajuste salarial de 7,5% e outros benefícios; empregados do Banco do Brasil voltam a trabalhar nesta quinta, como os demais, mas os da Caixa irão rediscutir a proposta

Funcionários de bancos privados encerram greve
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247, com Agência Brasil - Reunidos em assembleia na noite desta quarta-feira 16, os bancários das instituições privados decidiram acabar com a greve que começou na terça-feira da semana passada (18), e voltam ao trabalho nesta quinta-feira 27.

Até a noite desta quarta, os bancários de instituições privadas de São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Curitiba, Roraima e Rondônia haviam aceitado a proposta da Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) que prevê reajuste salarial de 7,5%, aumento de 8,5% do piso salarial e dos auxílios-refeição e alimentação. Determina também aumento de 10% para a parcela fixa da Participação nos Lucros e Resultados (PLR).

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

Os funcionários do Banco do Brasil (BB) e Caixa também fizeram assembleias para analisar as propostas específicas feitas pelas duas instituições públicas. Os empregados do BB concordaram com a proposta do banco e também voltam ao trabalho nesta quinta-feira. O pessoal da Caixa, no entanto, decidiu rediscutir a proposta em nova assembleia prevista para esta quinta.

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO