Funcionários do Banco do Brasil fazem greve contra demissão de 5.000

A categoria protesta contra o programa de demissão voluntária que propõe o fechamento de 112 agências e o desligamento de 5.000 pessoas

Funcionários protestam contra programa de demissões no Banco do Brasil
Funcionários protestam contra programa de demissões no Banco do Brasil (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Funcionários do Banco do Brasil realizam nesta quarta-feira (10) uma paralisação nacional em protesto contra o programa de demissão voluntária que propõe o fechamento de 112 agências e o desligamento de 5.000 pessoas. O estado de greve foi aprovado por 87% dos trabalhadores em uma assembleia virtual na última sexta-feira (5).

Bancários afirmam que querem retomar o diálogo. "Mostramos que estamos dispostos a negociar. Acreditamos na via negocial e queremos continuar as tratativas", disse o coordenador da Comissão de Empresa dos Funcionários do Banco do Brasil (CEBB), João Fukunaga. O relato foi publicado pelo portal Uol.

Nos dias 15 e 21 de janeiro, a categoria também fez atos nacionais contra as mudanças e no dia 29 fez uma paralisação de 24 horas.

Em um comunicado divulgado em janeiro, o Banco do Brasil afirmou que as medidas "buscam adequar a rede de agências ao aumento do comportamento digital de seus clientes e à necessidade de ampliar o atendimento especializado, especialmente o voltado ao agronegócios, que contará com mais 14 agências exclusivas e novos 276 gerentes de atendimento dedicados". 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email