Fux proíbe 11 interdições de rodovias federais por parte de caminhoneiros

O presidente do STF atendeu a um pedido da União

www.brasil247.com -
(Foto: ABr)


247 - O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, atendeu a um pedido da União, derrubando decisão da desembargadora Federal Ângela Catão, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1). A juíza suspendeu, na noite desta terça-feira (2), o efeito de liminares que impediam o bloqueio de rodovias por caminhoneiros. A decisão de Fux anula 11 interdições nos estados de Minas Gerais, Pará, Goiás, Bahia, Amazonas, Maranhão, Piauí, Roraima e Tocantins.

A desembargadora decidiu a favor da Associação Brasileira de Condutores de Veículos Automotores (Abrava), determinando que processos referentes a bloqueios deveriam ter sido remetidos à Justiça do Trabalho. 

Segundo Fux, paralisações do tipo acarretam em risco de “prejuízos econômicos generalizados”. Na decisão, Fux aponta para “risco à ordem e à saúde pública consistente na possibilidade de desabastecimento de gêneros alimentícios e outros de primeira necessidade”. (Com informações da Veja).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email