Gama Filho e UniverCidade: termina primeira fase para transferência assistida

O prazo para a transferência assistida de ex-alunos da Universidade Gama Filho e do Centro Universitário da Cidade para quem ainda vai estudar neste semestre terminou ontem, conforme estava previsto no acordo com o Ministério da Educação; Os alunos tiveram a opção de escolher as universidades Veiga de Almeida, Estácio de Sá ou a Faculdade de Tecnologia Senac-RJ, que integram o Consórcio Rio Universitário

Rio de Janeiro - Alunos da Universidade Gama Filho e da UniverCidade marcham em protesto na Avenida Presidente Vargas, no centro, contra a decição do Ministério da Educação de descredenciar as instituições de ensino controladas pelo Grupo Galileo, que enf
Rio de Janeiro - Alunos da Universidade Gama Filho e da UniverCidade marcham em protesto na Avenida Presidente Vargas, no centro, contra a decição do Ministério da Educação de descredenciar as instituições de ensino controladas pelo Grupo Galileo, que enf (Foto: Leonardo Attuch)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Cristina Indio do Brasil - Repórter da Agência Brasil

O prazo para a transferência assistida de ex-alunos da Universidade Gama Filho (UGF) e do Centro Universitário da Cidade (UniverCidade) para quem ainda vai estudar neste semestre terminou ontem (14), conforme estava previsto no acordo com o Ministério da Educação (MEC). Os alunos tiveram a opção de escolher as universidades Veiga de Almeida (UVA), Estácio de Sá (Uesa) ou a Faculdade de Tecnologia Senac-RJ (Fatec), que integram o Consórcio Rio Universitário.

O aluno Jonas Gondim de Oliveira estudava na UniverCidade e faltava apenas um período de seis meses, dos cinco módulos do curso redes de computadores, para se formar. Ele aderiu ao processo de transferência assistida e estuda desde segunda-feira (10) na unidade do Senac-RJ, na Rua Santa Luzia, no centro da cidade. Jonas disse à Agência Brasil que, antes de fazer a matrícula, passou por dias de muita apreensão, sem saber se conseguiria concluir o curso. O aluno já trabalha no setor e precisa do diploma para subir na carreira.

O estudante disse que também está satisfeito, porque conseguiu levar para a instituição a bolsa integral que tinha na UniverCidade, descredenciada pelo Ministério da Educação, no dia 13 de janeiro, junto com a Gama Filho. Quando fez a inscrição no dia 28 de fevereiro, ainda não tinha todos os documentos liberados pelo Grupo Galileo, mantenedor das duas universidades. “Tive o problema que todo mundo teve. Falta de organização, algumas ementas de aulas vieram faltando, mas acabei conseguindo o necessário”, disse.

Além de Jonas, também foram para o Senac-RJ colegas que também estão para se formar. “Aqui vamos poder fazer uma revisão de todo o curso e ajudar a gente a se formar com uma qualidade melhor. Até por questão de estrutura, laboratórios, coisas que tanto a Gama Filho como a UniverCidade não tinham mais. Teve situações de a gente assistir a aula e no meio dela a empresa que alugava as máquinas foi lá buscar porque não pagaram o aluguel”, explicou Jonas, acrescentando que antes de conseguir a transferência chegou a passar por uma Via Crucis para fazer o curso. “Para se ter noção do curso da UniverCidade, a gente começou na unidade do Metrô Carioca, de lá fomos para a Gonçalves Dias, que ficou intercalando com a Candelária e depois fomos transferidos para Ipanema”, revelou. 

Segundo a Faculdade Senac-RJ, até as 17h30 de hoje, 34 estudantes fizeram inscrições na instituição, sendo 25 ex-alunos da UniverCidade e nove da Gama Filho. Para receber os alunos interessados na transferência assistida, a Faculdade Senac-RJ montou um esquema de atendimento diferenciado e exclusivo de 26 de fevereiro até esta sexta-feira.

De acordo com as divisões de vagas estabelecidas no Consórcio Rio Universitário, a Senac-RJ podia receber 207 alunos e só ela faria matrículas no curso redes de  computadores. O total incluía alunos com matrícula trancada ou que já haviam procurado outra instituição antes de saberem da opção acertada no MEC.

Na UVA foram inscritos 3 mil alunos, dos quais 500 já podem entrar nas turmas existentes na próxima semana. Para o restante, a universidade está preparando um calendário especial. Conforme a instituição, os cursos mais procurados são direito, administração, engenharia elétrica e engenharia civil.

Na Uesa, até o início da noite de hoje, 646 alunos fizeram inscrições para o curso de medicina. A instituição foi escolhida pelo MEC para receber os alunos os 2 mil estudantes do curso da Gama Filho. Além deles, mais 780 se inscreveram nos demais cursos.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email