Garotinho sofre atentado

Carro do ex-governador sofre dois disparos no Rio de Janeiro

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O deputado federal Anthony Garotinho (PR-RJ) prestou na manhã deste sábado depoimento na Polícia Federal (PF) em Campos (RJ) sobre um possível atentado contra sua vida na noite de ontem. Segundo o político, seu carro foi atingido por dois tiros quando saía da representação do Partido da República em Cabo Frio, na Região dos Lagos no Rio de Janeiro.

Em depoimento prestado ao delegado Anderson Lima Costa, Garotinho informou ter ouvido quatro estampidos, antes dos disparos. No carro estavam o motorista, Garotinho e um segurança. O ataque teria acontecido na Rodovia Amaral Peixoto (RJ-106), próximo ao distrito de Tamoios. Segundo o político, seu motorista achou inicialmente que fossem fogos de artifício. Na hora dos disparos, Garotinho estava deitado no banco traseiro com a cabeça próxima à porta do veículo. Os disparos teriam acertado a lataria do carro, e não deixaram feridos.

Na manhã de sábado, o deputado recebeu a imprensa em sua casa em Campos, no norte fluminense, para relatar o ocorrido, ao lado da mulher, a prefeita de Campos, Rosinha Garotinho. O carro do político, um Corolla prata, foi apreendido pela Polícia para apuração do ocorrido. Um projétil foi encontrado no interior do veículo, de acordo com a assessoria de Garotinho.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247