Generais fazem nova ameaça ao processo eleitoral e Ramos diz que militares estão prontos

Luiz Eduardo Ramos ecoou nota do ministro da Defesa contra crítica de Barroso às Forças Armadas

www.brasil247.com - Bolsonaro e o general Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira, ministro da Secretaria de Governo
Bolsonaro e o general Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira, ministro da Secretaria de Governo (Foto: Marcos Corrêa - PR)


247 - Ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, o general Luiz Eduardo Ramos ecoou nesta segunda-feira (25) a nota do ministro da Defesa, o também general Paulo Sérgio Nogueira de Oliveira, contra uma crítica do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luís Roberto Barroso às Forças Armadas.

Barroso afirmou que as Forças Armadas 'estão sendo orientadas a atacar e desacreditar' o processo eleitoral brasileiro, o que provocou reação - a mando de Jair Bolsonaro (PL) - por parte de Paulo Sérgio Nogueira, que classificou a declaração do ministro como uma "grave ofensa".

Ramos, na esteira de um novo gesto do generalato que ameaça a democracia, afirmou que as Forças Armadas "estarão sempre vigilantes". "Defender a soberania nacional é dever das Forças Armadas. Eleições democráticas e transparentes fazem de nós um país soberano, por isso, nossas FA [Forças Armadas] estarão sempre vigilantes pelo bem do nosso povo, do nosso Brasil".

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email