HOME > Brasil

Gilberto Carvalho sobre Celso Daniel: PT sempre quis elucidar o caso

O ex-ministro Gilberto Carvalho divulgou nota sobre o que aponta como exploração política do caso Celso Daniel, reaberto ontem pela Operação Carbono 14 da Lava Jato; "em relação à morte de Celso Daniel, a verdade é que o Partido dos Trabalhadores, desde o início, teve o máximo interesse no esclarecimento dos fatos", diz ele; "também é importante lembrar que a investigação do caso esteve sob o comando, à época, da Polícia Federal na gestão FHC e da Polícia Civil do estado de São Paulo, sob responsabilidade do governador Geraldo Alckmin"

O ex-ministro Gilberto Carvalho divulgou nota sobre o que aponta como exploração política do caso Celso Daniel, reaberto ontem pela Operação Carbono 14 da Lava Jato; "em relação à morte de Celso Daniel, a verdade é que o Partido dos Trabalhadores, desde o início, teve o máximo interesse no esclarecimento dos fatos", diz ele; "também é importante lembrar que a investigação do caso esteve sob o comando, à época, da Polícia Federal na gestão FHC e da Polícia Civil do estado de São Paulo, sob responsabilidade do governador Geraldo Alckmin" (Foto: Leonardo Attuch)

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 – O ex-ministro Gilberto Carvalho divulgou nota sobre o que aponta como exploração política do caso Celso Daniel, reaberto ontem pela Operação Carbono 14 da Lava Jato. Confira abaixo:

“É importante destacar que a 27ª etapa da operação Lava Jato não tem nada a ver com Gilberto Carvalho. Ele não participou de nenhuma negociação com Ronan Maria Pinto, conforme evidências apontadas. A operação em torno do jornal Diário do Grande ABC não foi de seu conhecimento nem contou com a participação de Carvalho. Em relação à morte de Celso Daniel, a verdade é que o Partido dos Trabalhadores, desde o início, teve o máximo interesse no esclarecimento dos fatos. 
 
Também é importante lembrar que a investigação do caso esteve sob o comando, à época, da Polícia Federal na gestão FHC e da Polícia Civil do estado de São Paulo, sob responsabilidade do governador Geraldo Alckmin. Cabe esclarecer, ainda, que Gilberto Carvalho e Lula, então presidente do PT, estiveram reunidos com o ex-presidente da República para pedir o máximo empenho na elucidação dos fatos. Este caso foi amplamente abordado na CPI dos Bingos, ocasião em que Gilberto Carvalho prestou dois depoimentos, entre eles uma acareação com os irmãos Daniel e nenhuma evidência contra ele foi encontrada. Gilberto declara ter todo o interesse em que as investigações sejam realizadas com objetividade e sem o uso político que mais uma vez se pretende dar ao assunto. A morte de Celso Daniel representou a perda de um grande quadro político. "

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: