Gisele Bündchen critica decreto de Temer que extingue reserva florestal

"VERGONHA!Estão leiloando nossa Amazônia! Não podemos destruir nossas áreas protegidas em prol de interesses privados", postou a modelo internacional em seu Twitter, sobre decreto assinado por Michel Temer que extingue a Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renca), localizada entre o Amapá e o Pará

"VERGONHA!Estão leiloando nossa Amazônia! Não podemos destruir nossas áreas protegidas em prol de interesses privados", postou a modelo internacional em seu Twitter, sobre decreto assinado por Michel Temer que extingue a Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renca), localizada entre o Amapá e o Pará
"VERGONHA!Estão leiloando nossa Amazônia! Não podemos destruir nossas áreas protegidas em prol de interesses privados", postou a modelo internacional em seu Twitter, sobre decreto assinado por Michel Temer que extingue a Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renca), localizada entre o Amapá e o Pará (Foto: Gisele Federicce)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 – A modelo Gisele Bündchen reagiu com indignação ao decreto presidencial assinado por Michel Temer que extingue a Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renca), localizada entre o Amapá e o Pará.

"VERGONHA! Estão leiloando nossa Amazônia! Não podemos destruir nossas áreas protegidas em prol de interesses privados", postou a modelo em seu Twitter, ao compartilhar uma publicação da ONG ambiental WWF.

O local é rico em minerais e sua extinção provocou reação internacional. Para a WWF Brasil, a extinção da Renca é uma "catástrofe anunciada". Leia mais aqui.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247