Gleisi reage a fake news contra Haddad: vocês não têm limites, canalhas, bandidos

"A canalhice está solta. Turma do mal, da mentira, do ódio! Não vão ganhar. Vocês não tem limites, canalhas, bandidos", publicou a presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), sobre uma mentira espalhada por bolsonaristas em que Haddad é acusado de estupro

Gleisi reage a fake news contra Haddad: vocês não têm limites, canalhas, bandidos
Gleisi reage a fake news contra Haddad: vocês não têm limites, canalhas, bandidos (Foto: Eduardo Matysiak)

247 - A presidente do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), reagiu duramente contra uma mentira espalhada por bolsonaristas acusando Fernando Haddad de estupro. "A canalhice está solta. Turma do mal, da mentira, do ódio! Não vão ganhar. Vocês não tem limites, canalhas, bandidos", postou Gleisi no Twitter.

No site Lula.com.br, que desmente as fake news contra a campanha, foi publicado o texto "Gravíssimo: seguidores de Bolsonaro criam fake news acusando Haddad de estupro. É mentira! Denuncie!". Leia abaixo:

O crescimento de Haddad na reta final da campanha deixou os apoiadores de Bolsonaro apavorados. E as mentiras agora chegaram ao ponto criminoso de acusar Fernando Haddad de estupro! Uma mentira suja, triste, sórdida, baixa, absurda. Uma mentira grave, em suma.

É fake news, da pior qualidade. Se você receber em algum lugar essa notícia falsa, denuncie!

A imagem criminosa veiculada nas redes sociais é uma montagem que se utiliza de uma foto antiga, de 2013, de uma youtuber e atriz mirim.

Os responsáveis por espalhar essa fake news cometem graves crimes, não apenas contra Fernando Haddad, mas também contra uma adolescente, completamente inocente, que está sendo exposta nas redes. Até onde esses criminosos são capazes de ir?

As pessoas que estão divulgando essa fake news estão cometendo crime. E terão de responder na Justiça.

Denuncie pro Zap do Lula: (11) 974 028 726

Envie print ou link da notícia falsa para nós! Quem está divulgando isso terá que responder pelo crime que está cometendo!

 

Você pode também denunciar na Justiça:

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247