Glenn: nem mesmo a inteligência artificial mais sofisticada pode contar quantas declarações falsas faz Zambelli

O jornalisa Glenn Greenwald mostrou no Twitter que o argumento da deputada federal Carla Zambelli de que Bolsonaro tem apenas 4% de seus seguidores com perfis fakes é mentira. A afirmação de Zambelli tinha como objetivo desmentir o depoimento de Joice Hasselmann à CPI das Fake News

Glenn Greenwald e Carla Zambelli
Glenn Greenwald e Carla Zambelli
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em depoimento da deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) à CPI das Fake News na última semana, ela afirmou que 38% dos seguidores de Jair Bolsonaro no Twitter eram perfis fakes. A também deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) tentou desmentir a colega.

Zambelli pediu aos demais deputados presentes da CPI que fizessem uma auditoria nos seguidores de Bolsonaro utilizando o site TwitterAudit. Segundo ela, esta é uma ferramenta que o próprio Twitter oferece para que sejam captados perfis fakes dentre seguidores de determinada conta.

O jornalista Glenn Greenwald publicou neste domingo (8) uma sequência de tweets que mostram o contrário. Primeiramente, ele postou o trecho da CPI em que Zambelli tenta desmentir Joice. Em seguida, mostrou um print de uma pesquisa realizada pelo TwitterAudit dentre os seguidores de Jair Bolsonaro para averiguar quantos perfis fakes existiam. A ferramenta chegou ao resultado de 88% de seguidores fakes.

"Sim, mais uma mentira de Carla Zambelli. Nem mesmo a inteligência artificial mais sofisticada pode manter uma contagem precisa de quantas declarações falsas ela faz", escreveu Glenn.

Ele ainda compartilhou um tweet de outro perfil que mostra que o TwitterAudit não é uma ferramenta oficial do Twiiter, contrariando o que foi argumentado pela deputada. "Sem falar que essa ferramenta não 'fica dentro do Twitter', não é oficial e nem é disponibilizada pelo Twitter", diz o tweet.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247