Governador do Ceará vai dar salário mínimo para estudantes universitários

Enquanto o governo Temer promove o maior desmonte das universidades já visto na história do país, o governador Camilo Santana, do PT, vai no caminho contrário e sanciona lei que vai pagar um salário mínimo (R$ 937) a estudantes da rede pública que ingressarem no ensino superior

Camilo Santana, governador eleito pelo estado do Ceará. ( Marcelo Camargo/Agência Brasil) - Assuntos: Ceará, Camilo Santana, Eleições 2014
Camilo Santana, governador eleito pelo estado do Ceará. ( Marcelo Camargo/Agência Brasil) - Assuntos: Ceará, Camilo Santana, Eleições 2014 (Foto: Gisele Federicce)

Da Revista Fórum - O governador do Ceará, Camilo Santana (PT), anunciou na última terça-feira (15) que sancionou uma lei que vai pagar um salário mínimo (R$937) a estudantes da rede pública que ingressarem no ensino superior.

Santana deu a notícia em um bate papo com internautas através de uma transmissão em seu Facebook. De acordo com o governador, para receber o benefício, o estudante deve ter cursado todo o Ensino Médio em escolas públicas, ser membro do programa Bolsa Família e ter conseguido uma média de pelo menos 560 pontos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

"Esta é uma importante conquista para a educação do nosso estado. Estou muito feliz com este momento. Quero dizer a todos os alunos do Ceará que não desistam do sonho do curso superior", disse o petista.

A iniciativa vai na contramão das políticas de austeridade do governo Temer que vêm causando, como efeito, um verdadeiro desmonte das universidades no país. Os cortes de verbas do governo do peemedebista vem ameaçando até mesmo o funcionamento da maior parte das universidades brasileiras, a exemplo da UERJ que teve, inclusive, as aulas suspensas. Outras, como a USP, vivenciam constantemente paralisações de professores e funcionários que há anos não têm reajuste salarial.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247