Governo Bolsonaro ataca governo venezuelano e não reconhece diplomatas em solo brasileiro

Em mais um ataque contra o governo venezuelano de Nicolás Maduro, Jair Bolsonaro declarou os diplomatas venezuelanos em Brasília “persona non grata”

Nicolás Maduro e Jair Bolsonaro
Nicolás Maduro e Jair Bolsonaro (Foto: © EPA/Miguel Gutierrez/Agência Lusa | ABr)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Em mais um ataque contra o governo venezuelano de Nicolás Maduro, Jair Bolsonaro declarou os diplomatas venezuelanos em Brasília “persona non grata” em território nacional, mas se recusou em expulsá-los. 

Eles não são mais reconhecidos como representantes legítimos do governo venezuelano. Bolsonaro reconhece o autoproclamado presidente Juan Guaidó, apoiado pelos Estados Unidos.

“A declaração de 'persona non grata', instrumento jurídico amplamente reconhecido e utilizado nas relações internacionais, é prerrogativa que os Estados possuem para indicar que um representante oficial estrangeiro não é mais bem-vindo como tal em seu território”, disse nota do Itamaraty.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email