Governo brasileiro condena atentados na Rússia

Em nota, ministério das Relações Exteriores manifesta "veemente repúdio a quaisquer atos de terrorismo e violência, praticados sob qualquer pretexto"; comunicado também se solidariza com as famílias das vítimas e com o governo da Rússia após os atentados a bomba na cidade de Volvogrado, que deixaram 33 mortos

ATTENTION EDITORS - VISUAL COVERAGE OF SCENES OF INJURY OR DEATH

Investigators work at the site of a blast on a trolleybus in Volgograd December 30, 2013. A bomb blast ripped a trolleybus apart in Volgograd on Monday, killing 14 people in the second de
ATTENTION EDITORS - VISUAL COVERAGE OF SCENES OF INJURY OR DEATH Investigators work at the site of a blast on a trolleybus in Volgograd December 30, 2013. A bomb blast ripped a trolleybus apart in Volgograd on Monday, killing 14 people in the second de (Foto: Gisele Federicce)

Mariana Branco*
Repórter da Agência Brasil

Brasília - O Ministério das Relações Exteriores divulgou nota condenando os atentados a bomba na cidade russa de Volvogrado. No comunicado, o Itamaraty se solidariza com as famílias das vítimas e com o governo da Rússia. O texto manifesta também "veemente repúdio a quaisquer atos de terrorismo e violência, praticados sob qualquer pretexto".

Os atentados ocorreram ontem (29) e hoje (30). O de domingo deixou 18 mortos. No de hoje, um ônibus elétrico explodiu matando 15 pessoas. Segundo o Ministério da Saúde da Rússia, há, ainda, 28 feridos da explosão do ônibus. O presidente russo, Vladimir Putin, ordenou reforço da segurança em todo o país.

*Com informações da Agência Lusa

Conheça a TV 247

Mais de Brasil

Ao vivo na TV 247 Youtube 247