Governo diz que dados sobre reforma são públicos, mas não explica motivo de sigilo

Nota do Ministério da Economia diz dados que embasam a reforma da Previdência são públicos, mas esquece de explicar porque o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) insistia em manter sigilo sobre as informações; "Cabe ressaltar que tamanho nível de transparência nunca foi observado em nenhuma das discussões de alterações de sistema previdenciário em governos pretéritos", diz a nota

Governo diz que dados sobre reforma são públicos, mas não explica motivo de sigilo
Governo diz que dados sobre reforma são públicos, mas não explica motivo de sigilo (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Agência Brasil - O Ministério da Economia informou nesta segunda-feira (22), por meio de nota, que os dados que embasam a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Previdência "foram amplamente divulgados e constam na exposição de motivos" do projeto. A manifestação oficial foi lida em coletiva de imprensa pelo porta-voz Presidência da República, Otávio Rêgo Barros.

"Conforme vem sendo informado desde o envio da proposta da nova Previdência à Câmara dos Deputados, os dados que embasam a PEC 06/2019 foram amplamente divulgados e constam na exposição de motivos. Cabe ressaltar que o modelo de análise de impacto previdenciário é público e pode ser acessado por qualquer cidadão", diz a nota.

O ministério também informou que "dados desagregados" do impacto da reforma na economia ainda serão apresentados, mas apenas na comissão especial da Câmara que vai analisar o mérito da PEC. A previsão é que os trabalhos da comissão comecem no mês que vem. Ainda segundo a nota do Ministério da Economia, o governo tem sido transparente em relação ao tema.

"Todas as informações serão iluminadas e todas as perguntas respondidas na discussão de mérito. Cabe ressaltar que tamanho nível de transparência nunca foi observado em nenhuma das discussões de alterações de sistema previdenciário em governos pretéritos".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247